Crédito viabiliza diversificação de culturas e ampliação de lucros
CI
Agronegócio

Crédito viabiliza diversificação de culturas e ampliação de lucros

“Antes, o forte era a uva. Mas, tenho diversificado a produção, porque ela não estava dando muito retorno. Começamos a plantar outras frutas que têm um custo menor”
Por:
O agricultor familiar Rafael Potter, gaúcho do distrito de Vila Cristina, em Caxias do Sul (RS), dedicou mais da metade dos seus 41 anos de vida à agricultura. Desde que nasceu, mora na mesma casa feita de tijolos com a família, em um lugar afastado, onde tem mais de 10 hectares dedicados à plantação de uva niagara, pêssego, goiaba, laranja, nectarina e bergamota. “Antes, o forte era a uva. Mas, tenho diversificado a produção, porque ela não estava dando muito retorno. Começamos a plantar outras frutas que têm um custo menor”, explica o agricultor, que cursou até a 4ª série para se dedicar ao plantio.

É comum os caminhões irem buscar as mercadorias em sua propriedade, mas com a renda da produção e crédito da linha Mais Alimentos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Rafael conseguiu financiar um trator e um caminhão. Os equipamentos ajudam na lavoura e no transporte das frutas.

Para o agricultor, o trator tem enorme importância em toda a produção. “É pau para toda obra. Ele me ajuda na adubação, no plantio e até na limpeza”, destaca. Já o caminhão recebeu o incremento de um frigorífico na caçamba, para que a mercadoria chegue fresca e com boa qualidade aos locais de entrega. “A produção melhorou, aumentou bastante depois que financiei o caminhão pelo Pronaf.” A cabine do caminhão é para pequenas viagens, para dentro do estado mesmo. “Mas pretendo aumentá-la um dia”, revela.

Venda certa

Além do Pronaf, Rafael participa dos programas de Aquisição de Alimentos (PAA) e de Alimentação Escolar (Pnae), fornecendo frutas in natura para 50 escolas estaduais de Caxias do Sul (RS). A agricultor familiar é o vice-presidente da Cooperativa de Agricultores e Agroindústrias Familiares de Caxias do Sul, que abrange mais de 80 produtores que plantam verduras e legumes, além de frutas, para auxiliar na merenda dessas escolas.

A sua meta é ter a própria indústria de sucos, para aproveitar ainda mais as frutas que planta em sua propriedade. Casado, pai de três filhos – duas meninas e um menino -, o agricultor garante que pretende investir nisso futuramente. “É muito caro, não tenho condições agora. Mas, quem sabe faço isso quando os guris crescerem...”, planeja Rafael.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.