Cresce a adoção de ferramentas de mapeamento e monitoramento
CI
Imagem: Pixabay
LAVOURAS DE ALGODÃO

Cresce a adoção de ferramentas de mapeamento e monitoramento

A cada planejamento de safra, a busca por tecnologias que entreguem possibilidades de ganho por hectare é mais presente
Por:

– Na busca por maior produtividade e qualidade na produção do algodão, cotonicultores da região conhecida como MATOPIBAPA, encontraram na tecnologia o seu verdadeiro aliado com foco em rentabilidade e sustentabilidade. A cada planejamento de safra, a busca por tecnologias que entreguem possibilidades de ganho por hectare é mais presente, já que o algodão é um cultivo que exige um alto valor de investimento.

A digitalização e monitoramento das operações é a principal forma de proporcionar os resultados desejados. Se, em anos anteriores, este controle era totalmente manual, com anotações em papel, o que dava margem para perdas. Hoje, por meio de ferramentas como o Cropwise Protector e o Imagery, soluções da Syngenta Digital, as fazendas obtêm o crescimento desejado ano após ano, simplificando os processos e agilizando a tomada de decisão. A prova disso são os números: 62% dos cotonicultores do MATOPIBAPA (Maranhão, Tocantins, Piaui, Bahia e Pará) utilizam a ferramenta.  Na Bahia, maior região produtora da cultura no Brasil, o índice é de 50%.

“Estamos com o Cropwise Protector desde 2020. O maior valor para nós, sem dúvida, é o georreferenciamento dos monitoramentos que traz transparência e segurança para a nossa operação”, conta Roberto Schwartz Costa, Diretor no Grupo Zanotto, trazendo ainda mais benefícios da ferramenta: “na mesma plataforma, tenho o controle de aplicações e de estoque. Como tudo é lançado no sistema, todos ficam a par do que foi feito. Fica mais difícil de errar”, acrescenta.

Os dados coletados por meio das ferramentas contribuem para melhores decisões do gestor e, consequentemente, para melhores produtividade e rentabilidade. Após a realização do monitoramento, a liderança das fazendas recebe por e-mail um relatório de tudo que foi feito naquele dia pelos técnicos de campo. Isso otimiza o tempo, já que o time não precisa passar informações para o computador quando retornam ao escritório. Outra vantagem é a visualização das principais informações no feed do Cropwise Protector. Basta rolar a tela do celular para saber o resultado dos monitoramentos. Essa praticidade e rapidez ajudam o produtor a definir o plano de trabalho e os próximos passos do manejo. A segurança dos dados colhidos em campo por meio do Cropwise Protector tem contribuído, também, para uma melhor gestão de pessoas da propriedade.

“Minha grande preocupação, quando decidiram implantar a tecnologia na fazenda, era aumentar o tempo do técnico em campo para inserir as informações no aplicativo do Cropwise Protector. Mas isso não aconteceu e está rodando muito bem”, confessa Ricardo Suzuki, consultor agrônomo do grupo.

O algodão é uma das principais culturas para o agronegócio brasileiro. Nos últimos anos, o País tem se mantido entre os cinco maiores produtores mundiais e ocupa o primeiro lugar em produtividade em sequeiro. Seu cultivo tem alto padrão tecnológico, e soluções como o Cropwise Protector estão presentes, hoje, em 25% de todas essas lavouras, sendo peça-chave nesta posição do Brasil no ranking mundial.

Na prática

“Através de uma única plataforma, a Syngenta Digital consegue oferecer inúmeros benefícios e funcionalidades aos produtores durante toda a safra que vão além do monitoramento georreferenciado. Pelo Cropwise Protector é possível acompanhar os principais indicadores trazendo transparência e precisão aos processos. É possível, também, acompanhar a curva de evolução do crescimento do algodão e definir onde e quando é o melhor momento para aplicar o regulador de crescimento. A solução ainda tem integração com armadilhas para bicudo e envia alertas pelo celular que ajudam a reduzir os erros e atrasos nas aplicações. Além disso, disponibiliza mapas de calor para aplicação localizada, o que otimiza insumos e ajuda a reduzir os custos, por exemplo”, explica Renata Silva, gerente de vendas e sucesso do cliente da Syngenta Digital. 

Renata destaca que o Protector é uma ferramenta completa de gestão e monitoramento que fornece um raio-x da fazenda e ainda conta com o apoio de um time de especialistas. “Queremos ver os produtores evoluindo com o digital e por isso nosso time de campo é focado em resolver problemas reais da fazenda e levar eficiência para as operações agrícolas. Temos mais de 50 especialistas de transformação Digital, trabalhando lado a lado com o produtor de norte a sul do país”, diz.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.