Crescem os embarques de suínos dos Estados Unidos

Agronegócio

Crescem os embarques de suínos dos Estados Unidos

Por:
1 acessos

Os Estados Unidos estão vendendo carne suína como nunca. As vendas externas estão indo tão bem que o país precisou de apenas 10 meses para bater o recorde alcançado em 2003. Os Estados Unidos estão entre os maiores adversários do Brasil no mercado internacional.

Entre janeiro e outubro, as exportações de suínos foram de 819,9 mil toneladas, volume 34% maior quando comparado ao de igual período de 2003. Em receita, o crescimento é de 38%, totalizando US$ 1,789 bilhão. Os dados foram levantados pela Federação Americana dos Exportadores de Carne, com base em informações divulgadas pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

No ano passado, quando os embarques atingiram volume recorde, os EUA exportaram 757,9 mil toneladas de carne, avaliadas em US$ 1,582 bilhão, informa o setor produtor.

O México se manteve como maior comprador da carne suína americana. Outro destaque é o aumento das vendas para o Japão, um dos mercados mais exigentes em todo o mundo.

Nos dez primeiros meses deste ano, foram exportadas 258,7 mil toneladas de carne para o Japão, o que representa um crescimento de 12% em comparação com igual período do ano passado. Em receita, o aumento foi de 20%, para US$ 813,2 milhões.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink