Criador do RS rejeita PL dos dejetos de suínos

Agronegócio

Criador do RS rejeita PL dos dejetos de suínos

Os criadores de suínos devem remeter à Comissão de Constituição de Justiça da Assembléia Legislativa do RS pedido para a aprovação do parecer contrário do relator do projeto de lei
Por:
102 acessos

Os criadores de suínos devem remeter à Comissão de Constituição de Justiça da Assembléia Legislativa do RS pedido para a aprovação do parecer contrário do relator do projeto de lei 175/2007, deputado Jerônimo Goergen. O PL visa a estabelecer políticas para neutralização o tratamento de resíduos sólidos e dejetos de suínos em escala comercial. O sistema seria feito através do uso obrigatório de biodigestores. De acordo com o presidente da Acsurs, Valdecir Folador, a obrigatoriedade seria um custo a mais aos produtores. "Para colocar o equipamento, quem tem 300 cabeças terá de desembolsar, no mínimo, entre R$ 10 mil e R$ 15 mil. Isso é inviável", diz. O setor contesta o PL de autoria do deputado Fabiano Pereira, que não deve retirá-lo da CCJ. "O biodigestor seria usado por quem tem mais de 500 animais", afirma Pereira.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink