Crise internacional: exportadores do agronegócio apresentam proposta ao governo
CI
Agronegócio

Crise internacional: exportadores do agronegócio apresentam proposta ao governo

As lideranças cobraram a liberação de recursos para Adiantamentos sobre Contrato de Câmbio – ACC - e para o financiamento da safra de verão
Por: -Renata

Representantes das indústrias exportadoras do agronegócio entregaram ao governo, nesta terça-feira (14), um conjunto de propostas que têm por objetivo reduzir o impacto causado pela crise financeira internacional no setor. As lideranças cobraram a liberação de recursos para Adiantamentos sobre Contrato de Câmbio – ACC - e para o financiamento da safra de verão, além de mecanismos que garantam a liquidez dos créditos de Pis e Cofins em posse das empresas.

O deputado federal Luis Carlos Heinze (PP-RS), que agendou as audiências, solicitou urgência na mudança das regras do Drawback Verde e Amarelo para estimular as exportações de alimentos. Segundo Heinze, a finalidade da medida é equiparar o tratamento do insumo nacional com aquele dado à matéria-prima importada. "A empresa que vai produzir para vender ao mercado internacional, prefere importar matérias-primas, como ração e embalagens, ao invés de comprar no país", explica.

De acordo com Heinze, com o drawback Verde e Amarelo vai haver uma equiparação no tratamento tributário, favorecendo a produção nacional e a geração de empregos. "A decisão está nas mãos do ministro da Fazenda. O governo precisa tratar as questões do agronegócio com a mesma velocidade e atenção que é dada ao sistema financeiro", ressaltou Heinze.

As reuniões foram com o líder do governo na Câmara, deputado Henrique Fontana (PT/RS), com o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, com o secretário executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Ivan Ramalho, e com o presidente da Confederação Nacional da Indústria – CNI – Armando Monteiro. Estavam presentes nos encontros, além de Luis Carlos Heinze, os deputados Valdir Colatto (PMDB/SC) e Odacir Zonta (PP/SC) e representantes da Abiec, Abef, Abraf, Abipecs e Uba. As informações são da assessoria de imprensa do deputado federal Luis Carlos Heinze.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.