Crise na China e preocupação na Irlanda propicia queda nas commodities

Agronegócio

Crise na China e preocupação na Irlanda propicia queda nas commodities

As bolsas asiáticas fecharam o dia em patamar negativo
Por:
2131 acessos

A crise econômica continua a fazer seus estragos no mercado de commodities nesta quarta-feira (17-11). Um fator contribuiu para o pessimismo do mercado mundial, o déficit fiscal na Irlanda. Além disso, investidores continuam temerosos em relação a China, que ameaça elevar suas taxa de juros. Neste cenário, as bolsas asiáticas fecharam o dia em patamar negativo e contaminam, principalmente, o mercado de commodities agrícolas.

Com tudo isso, o dólar index opera em alta, demonstrando que a moeda americana continua sendo um porto seguro nos momentos de aversão ao risco. Por outro lado, o petróleo registra queda tanto em Nova York como em Londres. O mercado futuro do petróleo opera no vermelho neste momento.

Na bolsa de mercadorias de Chicago (CBOT, sigla em inglês), a soja e o milho registra queda, porém, o trigo abre suas negociações com ganhos. O mercado da soja reflete o aperto monetário do governo chinês e abre suas negociações com perdas de até 12 pontos. O milho segue esta tendência e abre com perdas de até 4 pontos.

O mercado de algodão na bolsa de futuros de Nova York (ICE Future US) tem seu quinto dia de queda, sendo um dos mercados mais influenciado pelo panorama da economia mundial. As posições futuras registram queda de até 3%.

A análise de abertura de mercados é produzida diariamente pela Gerência de Estudos Técnicos e Econômicos da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg).

Gerente de Estudos Técnicos e Econômicos: Edson Alves Novaes

Autor do artigo e responsável técnico: Leonardo Machado

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink