CS: Moagem da cana-de-açúcar tem retração na primeira quinzena de outubro

Agronegócio

CS: Moagem da cana-de-açúcar tem retração na primeira quinzena de outubro

A primeira quinzena de outubro atingiu a moagem de 32 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na região Centro-Sul
Por:
324 acessos

A primeira quinzena de outubro atingiu a moagem de 32 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na região Centro-Sul, segundo o balanço de safra divulgado pela Unica nesta segunda-feira (31). O número indica uma retração de 11,9% em relação ao mesmo período da safra passada e 24,3% quando comparada à segunda metade do mês de setembro deste ano. Com isso, a produção de açúcar ficou em 2,25 milhões de toneladas e o volume de etanol somou 1,40 bilhão de litros, dos quais 740 milhões de litros de hidratado e 664,7 milhões de litros de anidro. 

"Em relação à produtividade agrícola, dados preliminares apurados pelo Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) indicam queda de produtividade de 13,09% na primeira metade de outubro deste ano em comparação ao mesmo período de 2015. A maior quebra agrícola foi registrada em Goiás (20,91%). Os dados efetivos para o mês de outubro serão confirmados no próximo release", aponta o relatório.

Até o momento, 31 empresas já encerram suas atividades nesta safra no Centro-Sul, sendo a maior parte no estado de São Paulo. Este dado apresenta uma redução de 16,4% na moagem, quando comparado ao ciclo observado na safra anterior em que o processamento foi de 28,2 milhões de toneladas de cana-de-açúcar.

Acumulado

No acumulado da safra 2016/2017, a moagem de cana totalizou 505,54 milhões de toneladas, até 16 de outubro. Com esse volume processado, a produção de açúcar somou 30,02 milhões de toneladas, enquanto o etanol ficou em 21,27 bilhões de litros de etanol, sendo 8,92 bilhões de litros de etanol para o anidro e 12,35 bilhões de litros de hidratado.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink