CTC e BASF firmam acordo de cooperação técnica em cana-de-açúcar

Agronegócio

CTC e BASF firmam acordo de cooperação técnica em cana-de-açúcar

Foco será no desenvolvimento de variedades geneticamente modificadas 25% mais produtivas, e tolerantes à seca, para o mercado brasileiro
Por: -Janice
430 acessos

O CTC – Centro de Tecnologia Canavieira − e a BASF anunciaram nesta terça-feira (04-08) um acordo de cooperação na área de biotecnologia vegetal. As empresas oficializaram parceria na área de melhoramento genético e biotecnologia de cana-de-açúcar, com o objetivo de prover os agricultores com cultivares de alta produtividade e tolerantes a seca. A expectativa é de colocar no mercado, nos próximos 10 anos, variedades de cana-de-açúcar 25% mais produtivas. De acordo com as empresas, esta meta, se atingida, resultará num salto de produtividade sem precedentes na agricultura.

“Iniciamos a parceria porque estamos fortemente comprometidos com o desenvolvimento contínuo de tecnologias, para aumento de produtividade e redução de custos da produção de cana-de-açúcar”, disse Nilson Zaramella Boeta, diretor superintendente do CTC. “O grande salto na qualidade e produtividade de cana-de-açúcar que o CTC e a BASF começam a trabalhar hoje, certamente contribuirá para que o Brasil mantenha sua posição de líder no mercado de açúcar, etanol e energia”, ressaltou o executivo.

“BASF e CTC objetivam desenvolver variedades de cana-de-açúcar que produzirão 25% a mais quando comparadas às variedades atuais disponíveis no mercado. A produtividade média da cana-de-açúcar poderá saltar dos atuais 80 para 100 toneladas por hectare”, ressalta Walter Dissinger, Vice-presidente de Proteção de Cultivos da BASF para América Latina. “Estamos orgulhosos por firmar parceria com o CTC, um dos líderes em melhoramento genético e biotecnologia de cana-de-açúcar. A cooperação é outro exemplo da estratégia de biotecnologia vegetal da BASF, que visa aumentar a eficiência nas lavouras oferecendo aos agricultores ao redor do mundo os genes superiores da BASF em cooperação com os melhores parceiros”.

Segundo as empresas, o aumento de produtividade que será foco da parceria criará um valor adicional significativo, para ser compartilhado entre as unidades produtoras de açúcar, etanol e energia, os fornecedores de cana, o CTC e a BASF. A colaboração também prevê a possibilidade das empresas avaliarem futuramente a característica de tolerância a herbicidas nas variedades de cana-de-açúcar.

Com o acordo, a empresa alemã lança suas atividades em biotecnologia no setor de cana-de-açúcar. Já o CTC − o principal centro de pesquisas de cana-de-açúcar no Brasil, com 40 anos de história e 15 anos dedicados à biotecnologia −, ganha um importante aliado em busca de novas soluções tecnológicas. A BASF, em suma, fornece sua experiência em biotecnologia vegetal e seus genes mais promissores, e o CTC, com seu amplo conhecimento em cana-de-açúcar, incorpora esses genes selecionados às suas variedades de cana-de-açúcar. As informações são da assessoria de imprensa do CTC – Centro de Tecnologia Canavieira.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink