CTNBio autoriza importação de milho transgênico

Agronegócio

CTNBio autoriza importação de milho transgênico

A CTNBio autorizou ontem a importação de 370 mil toneladas de milho transgênico da Argentina
Por:
6 acessos
Auxiliada pelo argumento do possível desabastecimento no país, a Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) autorizou ontem a importação de 370 mil toneladas de milho transgênico da Argentina para garantir a ração de frangos produzidos em Pernambuco.


A pedido da associação dos avicultores do Estado, que havia feito solicitação idêntica em 2003, a CTNBio permitiu a compra externa de todas as variedades geneticamente modificadas, à exceção do milho Star Link, então produzido pela Aventis, empresa adquirida pela alemã Bayer CropScience. Em 2003, a mesma associação conseguiu na Justiça Federal uma liminar para importar milho argentino. Depois, a CTNBio aprovou a compra.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink