Cultivos desenvolvem resistência ao sal

CULTIVOS RESISTENTES

Cultivos desenvolvem resistência ao sal

Novidade pode resolver problema de segurança alimentar
Por: -Leonardo Gottems
680 acessos

O Professor Mark Tester, uma autoridade conhecida mundialmente na segurança alimentar, afirmou na semana passada que novas tecnologias de melhoramento poderiam ajudar a converter qualquer cultivo em resistente ao sal para controlar a escassez de comida globalmente.

“Através dessa nova técnica qualquer cultivo poderia ser resistente ao sal através de engenharia genética”, afirmou Tester como convidado no evento Cosmtech sobre “Avanços no Aumento de Tolerância à Salinidade de Cultivos”, ele explicou as formas de atacar dois desafios de cumprir com as exigências para alimentar uma população mundial crescente e a limitada disponibilidade de água.

O grupo de pesquisa do professor Tester em salinidade da Universidade de Ciência e Tecnologia na Arábia Saudita está trabalhando ativamente para resolver esse problema ao usar a ciência genômica para identificar os genes que permitem às plantas sobreviver a condições salinas.

Esses genes são incorporados dentro de variedades existentes de plantas como cevada ou tomate para desenvolver novas variedades que podem florescer em condições de estresses com salinidade. Ele explicou que uma aplicação imediata dessa tecnologia é água do mar ou água salobra que constitui 97% dos recursos de água do mundo que podem ser usados pela agricultura por satisfazer as demandas de alimentação de países como Paquistão que rapidamente esgotou os recursos de água potável. O Paquistão é um dos países que mais sofrem no mundo com a falta de água para a agricultura e para ter uma agricultura produtiva.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink