Cúpula América do Sul adia reunião de arrozeiros

Agronegócio

Cúpula América do Sul adia reunião de arrozeiros

Manifestantes bloquearam trânsito em estradas em Santana do Livramento e Barra do Ribeiro
Por:
1 acessos

Os arrozeiros terão de esperar o término da Cúpula América do Sul - Países Árabes, hoje, em Brasília, para reprogramar a audiência prevista para esta quarta-feira com o presidente Lula. Conforme o presidente da Federarroz, Valter José P"tter, a chefia de gabinete da Presidência da República só voltará a agendar encontro com o setor após a Cúpula. "Eles adiaram e, por enquanto, não há dia, nem hora. Estamos aguardando", desabafou.

Em Santana do Livramento, onde os produtores bloquearam por uma hora a BR 158 em frente ao Posto da Receita Federal, o presidente da Associação dos Agricultores de Bagé, Ricardo Zago, disse que Lula está se habituando a dar balõezinhos na classe: "Esse problema deveria ter sido resolvido há mais de 40 dias", observou, revelando decisão de que todas as assembléias, a partir de agora, "ocorrerão sobre as pistas das rodovias federais". Em ato público, o grupo de 200 agricultores optou em manter mobilização. O dia também foi de manifestações no km 337 na BR 116, em Barra do Ribeiro.

Hoje novos protestos serão deflagrados. Segundo P"tter, produtores se reunirão na BR 101, em Torres. Amanhã, será a vez de São Borja. Ontem, durante assembléia, foi consolidada decisão de suspender vendas à indústria, citou P"tter.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink