Custos de produção do gado de corte continuam aumentando

Agronegócio

Custos de produção do gado de corte continuam aumentando

São Paulo continua despontando em relação aos demais na avaliação dos custos mensais da atividade, acumulando aumento de 12% ao longo do ano
Por:
83 acessos

Os Indicadores Pecuários Regionais, elaborados pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/USP), revelam que os custos da pecuária brasileira aumentaram em julho em relação ao mês anterior. O Custo Operacional Total (COT) foi ajustado em 0,94%, enquanto o Custo Operacional Efetivo (COE) subiu 1,08%. No acumulado do ano (janeiro a julho), os desembolsos efetivos já subiram 7,34%, e os totais, 7,59%. A pesquisa abrange dez dos principais estados que se destacam na pecuária (GO, MT, MS, PA, RO, RS, PR, MG, TO e SP).

São Paulo continua despontando em relação aos demais na avaliação dos custos mensais (operacionais) da atividade, acumulando aumento de 12% ao longo de 2007, e de 11% no COT. Em julho, as maiores variações registradas no custo foram no Paraná, de 2,69% e 2,43%, respectivamente. Os menores custos foram em Tocantins, tanto mensais quanto no ano. Quanto à valorização do preço da arroba do boi gordo, destaque para o Rio Grande do Sul, com alta de 12,83% em julho e 20,87% em sete meses. As informações são da assessoria de imprensa da CNA.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink