Milho

Custos de produção do milho recuaram 5,58% em relação à safra 2016/2017, diz Imea

Com custos totais em R$ 2.792,07 por hectare, novo relatório traz acréscimo de 0,07% em relação ao mês de setembro
Por:
323 acessos

O Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgou os custos de produção do milho de alta tecnologia para a safra 2017/2018 em Mato Grosso, referentes ao mês de outubro de 2017. O novo relatório traz um acréscimo de 0,07% nos custos totais em relação ao mês de setembro de 2017, que agora ficam avaliados em R$ 2.792,07 por hectare

Apesar da variação positiva, quando comparada à da safra 2016/2017, está exibindo um recuo de 5,58%. No que tange ao custo variável, houve um reajuste de 0,08% ante a divulgação anterior, sendo agora avaliado em R$ 2.254,90 por hectare.

Custos de produção do milho

Dado a isso, o ponto de equilíbrio para a safra 2017/2018, considerando a mesma produtividade da safra anterior, de 117,24 sacas por hectare, fica simulado em R$ 19,23 por saca. Embora tenha tido acréscimo de 0,08% frente ao último relatório, o ponto de equilíbrio está 5,9% menor do que na safra 2016/2017.

Com isso, apesar do cenário de custos um pouco menores em relação à safra 2016/2017, é importante que o produtor continue gerenciando todos os indicadores, para que não voltem a ocorrer reajustes altistas nos custos da safra futura.

 

 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink