Dagoberto espera propostas de Palocci sobre divida do MT

Agronegócio

Dagoberto espera propostas de Palocci sobre divida do MT

Participam da reunião em Goiás além de Dagoberto o secretário de Coordenação Geral do Governo, Raufi Marques e vários outros
Por:
1 acessos

O secretário de Produção e Turismo de Mato Grosso do Sul, Dagoberto Nogueira Filho, que está em Rio Verde de Goiás, disse que o ministro da Fazenda, Antônio Palocci, ao aceitar se reunir com representantes do setor produtivo esta manhã sinalizou claramente para abertura de negociação de dívidas. Ele acredita que o ministro deva ir munido de propostas para suavizar a situação do agricultor, penalizado pelos baixos preços de mercado da soja e também pela quebra da lavoura, em função da seca.

O secretário ressalta que quando o crédito foi tomado o dólar estava a R$ 3,00 e hoje está a R$ 2,60, desvalorização do preço do produto nas exportações. Além disso, o preço interno da commodity, acompanhando esse cenário, despencou de um patamar de R$ 50,00, em meados de abril do ano passado, para os atuais R$ 27,00.

“Se não houver uma alternativa para renegociação das dívidas no ano que vem não teremos nada de produção. O pessoal está totalmente descapitalizado”, observa. Na semana passada do Banco do Brasil informou que não havia orientação de renegociação em função de preços de mercado. Para os casos de perda de lavoura há uma norma que prevê o alongamento da dívida em até cinco anos. Os sindicatos tentam negociar também com as multinacionais, credoras de grande parte dos recursos financiados para formação de lavoura, através do fornecimento de insumos.

Participam da reunião em Goiás além de Dagoberto o secretário de Coordenação Geral do Governo, Raufi Marques e vários outros representantes do setor produtivo do Estado.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink