Debate das tecnologias do pós-colheita em Foz do Iguaçu
CI
Agronegócio

Debate das tecnologias do pós-colheita em Foz do Iguaçu

Conferência Brasileira põe em discussão as técnicas para preservação dos grãos em todas as etapas da produção
Por:
Conferência Brasileira que se realiza em Foz do Iguaçu, põe em discussão as técnicas para preservação dos grãos em todas as etapas da produção

Para debater os desafios e as potencialidades na armazenagem de produtos agrícolas, enfrentados pelo Brasil e por países da América do Sul, a Associação Brasileira de Pós-Colheita (Abrapos) e o grupo Cotriguaçu e suas cooperativas filiadas (C.Vale, Coopavel, Coopacol e LAR) promovem, de 19 a 21 de outubro de 2010, a 5 Conferência Brasileira de Pós-Colheita e Fórum Latino Americano de Pós-Colheita, no Centro de Convenções de Foz do Iguaçu.

O evento deverá reunir aproximadamente 1.500 profissionais ligados ao setor de pós-colheita de grãos, que buscam técnicas para preservação dos grãos em todas as etapas do processo. Segundo o pesquisador da Embrapa Soja Irineu Lorini, presidente da Conferência, o evento pretende estimular o debate de temas abrangentes como o agronegócio brasileiro, mercado de grãos, cadeias produtivas e agregação de valor ao produto, infraestrutura e logística no escoamento da produção, secagem e aeração de grãos, manejo e resistência de pragas a inseticidas, certificação e rastreabilidade nas cadeias produtivas.

Para apresentar as técnicas adaptáveis ao sistema brasileiro de armazenagem, o evento convidou Manoj Nayak e Philip Burril, palestrantes da Austrália, país que é modelo mundial em termos de armazenagem. Os palestrantes abordarão o problema das pragas nos grãos armazenados e a técnica de hermeticidade de silos.

Segundo Lorini, diante do volume de grãos produzidos atualmente no Brasil - 143 milhões de toneladas (dados da Conab) - é urgente a busca por novos métodos de eliminação e controle de pragas, assim como uma maior proteção dos produtos armazenados. ''Nossos armazéns são preparados apenas para guardar grãos. Não são adaptados ao sistema de expurgo de pragas por intermédio de gases, um dos métodos mais modernos e menos impactantes na eliminação das pragas na armazenagem, por exemplo'', afirma Lorini. ''A oferta de matérias-primas de qualidade exige procedimentos e tecnologias que garantam competitividade na comercialização dos grãos''.

Serviço:
A programação completa do evento pode ser acessada no site da Abrapos: www.abrapos.org.br

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink