Decifrado genoma da noz

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
SEQUENCIAMENTO

Decifrado genoma da noz

Técnica pode potencializar desenvolvimento de outras árvores
Por: -Leonardo Gottems

Uma nova pesquisa da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, poderia fornecer um grande impulso para a indústria de noz, facilitando o desenvolvimento de nozes melhor equipadas para combater pragas e patógenos problemáticos do solo. O estudo foi realizado em parceria com o Serviço de Pesquisa Agrícola (ARS) do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). 

Os pesquisadores usaram uma abordagem única para sequenciar os genomas da nogueira inglesa e seu parente silvestre da América do Norte aproveitando as capacidades de duas tecnologias de ponta, o sequenciamento de DNA de leitura prolongada e mapeamento do genoma óptico. Eles então afirmaram que as sequências genômicas resultantes são da mais alta qualidade já montada de qualquer cultura lenhosa perene. 

"Por sequenciação do genoma de uma noz híbrida, conseguimos produzir sequências genômicas completas de ambos os pais no tempo normalmente necessário para produzi-las", disse Ming-Cheng Luo, pesquisador de chumbo no projeto de genômica e pesquisa genética do Departamento de Ciências Vegetais da UC Davis. 

Esta abordagem poderia ser aplicada ao sequenciamento do genoma de árvores e muitas outras plantas perenes lenhosas, abrindo as portas para uma melhor compreensão dos mapas genéticos de amêndoas, nozes, pistácios e uvas. "Assim como a nogueira, essas outras culturas são naturalmente polinizadas e, portanto, altamente variáveis", comenta Jan Dvora, outra pesquisadora responsável pelo projeto. 

"A variabilidade sempre complicou muito nossa capacidade de produzir uma sequência genômica de alta qualidade para essas culturas, mas essas novas tecnologias agora tornam isso possível", acrescentou Dvorak. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink