Dedicação e conhecimento a serviço da agricultura
CI
Agronegócio

Dedicação e conhecimento a serviço da agricultura

O título de cidadão de Boninal lhe foi concedido a pedido dos agricultores familiares da cidade
Por:
O título de cidadão de Boninal lhe foi concedido a pedido dos agricultores familiares da cidade. A dedicação à assistência técnica e a pesquisa já renderam a Humberto Carvalho muito títulos, homenagens e reconhecimento. O trabalho desenvolvido com a cultura do alho e com a agricultura familiar lhe rendeu alguns prêmios da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Sua ação também já foi divulgada em jornais como Estado de São Paulo, A Tarde e Diário Oficial.


Humberto é um dos técnicos da EBDA que inspira os colegas através do que faz. “Eu admiro todo o trabalho deste colega que só trouxe resultados positivos para nossa região. Espero, com o tempo, conquistar o mesmo reconhecimento”, afirma o engenheiro agrônomo da EBDA de Boninal, Janderson Almeida. “Um dos melhores conhecedores da cultura do alho do Nordeste, merece nossa credibilidade por fazer um excelente trabalho, em parceria conosco”, destaca Francisco Vilela, pesquisador da Embrapa.

Mesmo com todo reconhecimento, Humberto não se acomodou. Em março deste ano, ele inicia o curso superior de gestão ambiental, na Unopar de Seabra. “Acredito que para dar maior credibilidade as minhas ações, é preciso que eu tenha uma graduação. Desta forma serei mais reconhecido e, possivelmente, terei mais espaço na minha atuação”, declarou.

Humberto começou sua carreira cedo. Após concluir o Curso Técnico em Agropecuária, pelo Instituto de Educação Anísio Teixeira, em Caetité, em 1978, foi trabalhar em uma empresa de reflorestamento, em Minas Gerais. Em 1982, foi aprovado no concurso da então Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Bahia (Emater-BA), que deu origem a EBDA.

No ano seguinte, foi transferido para o município de Boninal, onde iniciou seu trabalho com o cultivo de alho, pimentão e do tomate. Seu conhecimento lhe proporcionou um convite para trabalhar em parceria com a Embrapa – Hortaliças, período em que começou a se especializar na cultura do alho.


Natural do município de Urandi, no sudoeste da Bahia, casado, pais de três filhos e avô de um neto, ele não mede esforços para impulsionar o cultivo de alho na sua região. Ele foi um dos colaboradores do aumento de produção e competitividade da hortaliça.

Ele também introduziu o alho vernalizado (processo pela qual a semente do alho passa em uma câmara fria, a uma temperatura 3°C a 4°C, durante 50 dias, com o objetivo de encurtar seu ciclo) e livre de vírus, elevando a produção e produtividade da cultura.


Hoje, com 29 anos de EBDA, Humberto afirma que faria tudo de novo. “É muito gratificante olhar para trás e ver o quanto eu colaborei para o desenvolvimento sustentável, da minha região e do Estado. Não me arrependo de nada” analisa.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.