Defesa Civil alerta para frio intenso no PR, SC e RS

Agronegócio

Defesa Civil alerta para frio intenso no PR, SC e RS

Alerta-se para a ocorrência de frio intenso no RS, especialmente entre sexta-feira (24) e domingo (26)
Por:
335 acessos

A Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, enviou alerta de frio intenso às defesas civis dos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Entre a noite desta quarta-feira (22) e domingo (26), a atuação de uma forte massa de ar de origem polar na região Sul provoca acentuado declínio de temperatura no Rio Grande do Sul. Alerta-se para a ocorrência de frio intenso no Estado, especialmente entre sexta-feira (24/07) e domingo (26/07), com as temperaturas mínimas variando entre quatro graus negativos e zero grau, nas áreas mais altas, e entre dois e sete graus, nas demais regiões. O ar frio também favorece a formação de geada no Estado, exceto no litoral.

A partir de amanhã (23) e domingo (26) as baixas temperaturas atingirão os Estados do Paraná e Santa Catarina. Alerta-se para a ocorrência de frio intenso, especialmente entre sexta-feira (24) e domingo (26). Em Santa Catarina, as temperaturas mínimas oscilarão entre quatro graus negativos e zero grau, nas áreas mais altas, e entre dois e sete graus, nas demais regiões. No Paraná, as mínimas irão variar entre dois graus negativos e dois graus, nas regiões mais altas, e entre quatro e nove graus, nas demais áreas. O ar frio favorece a formação de geada no centro-sul e leste paranaense e no Estado de Santa Catarina, com exceção do litoral.

A Secretaria Nacional de Defesa Civil recomenda orientar os agricultores para que tomem as medidas preventivas necessárias para minimizar os efeitos da geada e recomenda uma atenção especial aos moradores de rua, durante esse período.

Com a divulgação de alertas, a Sedec pretende evitar a perda de vidas, danos ao patrimônio e ao meio ambiente e também incentivar a adoção de medidas preventivas pela população, governos estaduais e municipais. Os alertas preventivos emitidos para os Estados são baseados em informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e do Centro de Previsão e Estudos Climáticos (Cptec).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink