Delegados aprovam 2º módulo da Academia de Liderança

Agronegócio

Delegados aprovam 2º módulo da Academia de Liderança

Troca de experiências profissionais e cenários políticos e econômicos foram foco desta etapa
Por:
1444 acessos

O segundo módulo da Academia de Liderança atendeu as expectativas dos 68 produtores rurais que participaram das palestras de 13 a 15 de setembro, em Cuiabá. Neste módulo, foram trabalhados os temas “Trilhas de desenvolvimento”, “Mentoring” e “Pensamento estratégico”. A qualificação é realizada em parceria pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT).

Para o 2º diretor administrativo da Aprosoja, Sérgio Triches, a participação dos agricultores no projeto vem demonstrando que querem informação. “Estou grato por participar e ver que é um projeto que deu certo, é uma grife da Aprosoja. Entendemos que com qualificação dos nossos associados, deste grupo de empreendedores rurais, temos um banco de informações importantes para melhorar a associação e o agronegócio”, frisa.

A qualificação das lideranças é fundamental para a continuidade no processo de posicionamento do Estado e na construção de políticas para o agronegócio, segundo Otávio Celidônio, superintendente do Senar-MT. “Temos que formar esses produtores de forma mais estruturada, oferecendo ferramentas de liderança para que eles consigam alcançar essa posição de liderança associativista, sindical ou até política, dentro dos governos”, enfatiza.

“Este módulo foi muito importante, pois tivemos contato com diversos pensamentos e pessoas muito interessantes. Foi uma ótima experiência”, afirma Agmar Fortes Lima, produtor rural e delegado do Núcleo de Nova Mutum. Para a produtora e delegada de Campo Novo do Parecis, Larissa Silva, o módulo foi “incrível”.

“A Academia de Liderança sempre supera as expectativas. Em um primeiro momento, tivemos a oportunidade de focar no pessoal. Depois, no mentoring, tivemos momentos ímpares com experiências incríveis de superação e retomada. E, para finalizar, informações de mercado que ajudam a conduzir nossos rumos”, avalia.

O mentoring, quando profissionais experientes compartilham conhecimentos, foi o ponto alto deste módulo. A empresária rural Norma Terezinha Rampelotto Gatto foi uma das palestrantes. “Estou em uma situação inusitada, mas que trouxe muita satisfação. Só tenho a agradecer pela oportunidade, hoje saio daqui uma pessoa renovada”, diz a fundadora do Grupo Gatto, de Rondonópolis.

Geraldo Ruffino, fundador da JR Diesel e um “case” de sucesso e superação de desafios, também falou com os acadêmicos. Ele exaltou o calor natural e humano de Cuiabá e disse estar feliz por encontrar pessoas tão especiais que alimentam o país. “Eu não trouxe nada, eu vim aprender. Eles (os produtores) é que sabem tudo. Vim passar um pouquinho do que a gente faz diariamente. É um prazer estar aqui, eu gostaria que todos os brasileiros conhecessem de onde vem o alimento e quem são as pessoas que fazem isso acontecer”, afirma.

Os produtores rurais participantes conseguem levar o conhecimento para o seu dia a dia. “Os temas são sempre bastante interessantes, ajudou a nos aprimorar. Conseguimos aprender sobre lidar com outros produtores e os colaboradores. Agora, entendemos mais a questão de mercado. Cada vez mais as informações são privilegiadas para quem participa da Academia de Liderança”, diz Diogo Molina, produtor rural de União do Sul e delegado. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink