Demanda chinesa aquece soja nos EUA
CI
Imagem: Nadia Borges
ANÁLISE AGROLINK

Demanda chinesa aquece soja nos EUA

Cenário climático para os Estados Unidos continua favorável
Por: -Leonardo Gottems

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago (CBOT) registrou na quarta-feira (15.07) uma alta de 8,25 pontos no contrato de Agosto/20, fechando em US$ 8,8625 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT fecharam a sessão com valorizações entre 4,00 e 6,50 pontos.

“Novas vendas de soja americana para a China (de 389.000 tons) deram impulso às cotações. Este volume se juntou ao do dia anterior, de 129.000 tons. Espera-se que a demanda do gigante asiático se concentre nos EUA no restante do ano. Por sua vez, a incerteza sobre o estado das culturas e o clima acrescentou dinamismo à alta. Na demanda doméstica a NOPA reportou moagem mensal para junho em 4,55 milhões de tons, um pouco fora do mercado”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica.

De acordo com a Consultoria ARC Mercosul, o mercado da soja e milho em Chicago tiveram mais um dia de pouco movimento especulativo: “Ambas as commodities sofreram um ‘arrasto’ com as operações no trigo – as quais apresentaram fortes ganhos diante da possível demanda chinesa pelo cereal e problemas de safra na Rússia e Ucrânia”. 

A ARC não vê grandes motivos para a China procurar por trigo no atual momento, uma vez que o preço do grão não equivale ao baixo teor de proteína oferecido. “Por outro lado, o cenário climático para os Estados Unidos continua favorável, garantindo estabilidade produtiva para o país e limitando o potencial de ganho dos preços na CBOT. Além do mais, os estoques de etanol nos EUA já estão estabilizados, desacelerando a produção diária”, concluem os analistas da ARC Mercosul.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink