Mandioca

Demanda enfraquecida pressiona cotações da mandioca

Desde o início deste ano, a colheita de raízes mais novas avançou, devido à baixa disponibilidade de mandioca de segundo ciclo e aos preços mais atrativos
Por:
20 acessos

Desde o início deste ano, a colheita de raízes mais novas avançou, devido à baixa disponibilidade de mandioca de segundo ciclo e aos preços mais atrativos. Porém, por causa do clima seco, o ritmo da atividade, que vinha diminuindo nas semanas anteriores, recuou ainda mais entre 7 e 11 de maio.

No entanto, devido à fraca demanda, as cotações caíram. A média nominal a prazo para a tonelada posta fecularia foi de R$ 469,61 (R$ 0,8167 por grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), 4,4% abaixo da registrada no período anterior. Frente ao mesmo período do ano passado, o recuo é de 2,6% em valores atualizados (deflacionamento pelo IGP-DI de abril/2018).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink