Mandioca

Demanda firme da mandioca e oferta reduzida mantêm cotações em alta

A demanda industrial, por sua vez, continua firme, devido, principalmente, aos compromissos de entrega de algumas empresas
Por:
214 acessos

A disponibilidade de lavouras de segundo ciclo continua baixa em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea, apesar das melhores condições climáticas. Isso porque, segundo colaboradores do Cepea, parte dos agricultores segue priorizando atividades relacionadas ao plantio, postergando a colheita.

A demanda industrial, por sua vez, continua firme, devido, principalmente, aos compromissos de entrega de algumas empresas. Assim, muitas continuam se abastecendo em outros estados, como as paranaenses, que vêm adquirindo matéria-prima no estado de São Paulo e em Mato Grosso do Sul.

Nesse cenário, o preço médio nominal a prazo para a tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 627,07 (R$ 1,0906 por grama de amido) entre 16 e 20 de outubro, alta de 4% frente à média do período anterior.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink