Demanda interna sustenta preços do milho

Agronegócio

Demanda interna sustenta preços do milho

Entre 10 e 17 de setembro, o Indicador Esalq/BM&F subiu 4,27%, fechando a R$ 27,56/sc de 60 kg nessa segunda-feira
Por:
320 acessos

O preço do milho seguiu em alta na última semana. Entre 10 e 17 de setembro, o Indicador Esalq/BM&F (Campinas – SP) subiu 4,27%, fechando a R$ 27,56/sc de 60 kg nessa segunda-feira (17-08). A alta esteve atrelada a maior demanda interna. Outro fator que contribui para a maior demanda e consequentes elevações é o fato de que indústrias, especialmente as relacionadas aos setores de aves e suínos, buscam refazer estoques para atender às necessidades do último trimestre do ano, quando as vendas de carnes costumam aumentar. As informações são da assessoria de imprensa do Cepea.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink