Demanda propicia nova alta ao frango vivo de Minas Gerais
CI
Frango

Demanda propicia nova alta ao frango vivo de Minas Gerais

Com este reajuste, o incremento de preço em relação a passados 30 dias chega agora aos 5,5%
Por:

O aumento de demanda característico do período antecedente às Festas possibilitou, na última quarta-feira (13), novo e consecutivo ajuste de cinco centavos no preço do frango vivo comercializado em Minas Gerais. O produto foi negociado no dia por R$2,85/kg, maior valor alcançado em quase 10 meses.

Com este reajuste, o incremento de preço em relação a passados 30 dias chega agora aos 5,5%. Mas comparativamente ao mesmo dia de 2016 prevalece queda de 13,6%, ou seja, um resultado negativo que se estendeu pela maior parte de 2017 e que, com certeza, não apresentará nenhuma reversão até o final do ano.

Entre os paulistas o mercado para o frango vivo também é firme, mas até ontem permaneceu com o preço inalterado, situação que já dura 52 dias. De toda forma, a percepção é a de que hoje pode ser obtido algum reajuste, visto a oferta se encontrar aquém da demanda, que vem sendo crescente.

Notar, neste caso, que essa demanda não vem do consumidor final e, sim, de abatedouros (sobretudo independentes) que não contam com produção própria integral. Como ocorre sempre nesta época do ano, recorrem ao mercado “spot”. Mas dois anos de crise fizeram retroceder a produção independente de frangos. Agora, falta produto.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.