Agronegócio

Demissões na indústria da cana devem desaquecer emprego em SP

A indústria de transformação paulista registrou em outubro possivelmente a última expansão do nível de emprego
Por: -Bianca Ribeiro
1 acessos
A indústria de transformação paulista registrou em outubro possivelmente a última expansão do nível de emprego neste ano, com alta de 0,20%. Segundo o departamento de economia da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), a sazonalidade das demissões da indústria de cana e açúcar em São Paulo deve se encarregar, nos próximos dois meses, de abrandar a alta acumulada do ano, de 3,97% até outubro, para algo em torno de apenas 2%.


"Ficou dentro do esperado", disse Paulo Francini, diretor do departamento de economia da Fiesp, que classificou o desempenho do indicador nos últimos cinco meses de "aquietado". O destaque nas contratações de outubro veio da indústria de máquinas para escritório e equipamentos de informática, segmento em que o emprego cresceu 4,54% ante o mês de setembro.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink