Desaparecem R$ 1,8 mi de ajuda aos produtores de leite no MS

Agronegócio

Desaparecem R$ 1,8 mi de ajuda aos produtores de leite no MS

A verba, de R$ 3,8 milhões, é do Ministério da Agricultura e seria distribuída entre 1,2 mil produtores
Por:
42 acessos

Mais da metade do dinheiro destinado à subsistência dos produtores de leite de Mato Grosso do Sul, que paralisaram a comercialização por causa dos focos de febre aftosa, em 2005, desapareceu. A verba, de R$ 3,8 milhões, é do Ministério da Agricultura e seria distribuída entre 1,2 mil produtores. Segundo o superintendente federal de Agricultura no Estado, Orlando Baez, foi feita uma varredura no contrato 001/2005 e ficou constatada a falta de prestação de contas de R$ 1,8 milhão, por parte do governo do Estado.

O governador André Puccinelli (PMDB) recebeu a cobrança e não encontrou nada que comprovasse o repasse aos produtores. O dinheiro simplesmente sumiu, conforme disse um funcionário que preferiu não ser identificado. Puccinelli decretou hoje uma inspeção extraordinária na Secretaria de Desenvolvimento Agrário Produção, Indústria, Comércio e Turismo (Seprotur), responsável pela distribuição da verba federal.

O repasse mensal variava de R$ 300,00 a R$ 600,00 para 1,2 mil produtores de leite de Japorã, Eldorado e Mundo Novo, de dezembro de 2005 a dezembro de 2006. O valor recebido somou R$ 1 6 milhão, dos R$ 3,8 bilhões repassados. Valtecir Ribeiro, o Mineiro, secretário da Seprotur no governo Zeca do PT, afirmou que o assunto foi esclarecido com a atual titular da pasta, Tereza Cristina Corrêa, e "está tudo certo".


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink