Desconhecido e ameaçado

Agronegócio

Desconhecido e ameaçado

O Cerrado tem 3,3 mil espécies de plantas com alguma substância que, se estudada, pode gerar renda
Por:
385 acessos

A contradição define o Cerrado, não só por sua peculiar condição ecológica. O patrimônio latente se opõe à devastação impiedosa. As descobertas científicas – de novas espécies e de novas propriedades das plantas – contrastam com o ritmo de desmatamento mais veloz do País. O incremento da renda local, a partir de iniciativas de desenvolvimento sustentável, são a imagem oposta do crescimento econômico ancorado em monoculturas e em extensas pastagens, a perder de vista, cuja existência não convive com o Cerrado em pé.

Dos laboratórios da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Recursos Genéticos e Biotecnologia, em Brasília, surgiram informações sobre um patrimônio ainda escondido, mas já intensamente procurado. O Cerrado tem 3,3 mil espécies de plantas com alguma substância que, se estudada, pode gerar renda. São propriedades medicinais, cosméticas, aromáticas, alimentícias e ornamentais que despertam, ao mesmo tempo, a atenção econômica de comunidades locais e de grandes indústrias, principalmente farmacêuticas e cosméticas.

No Laboratório de Processamento de Imagens e Geoprocessamento (Lapig), da Universidade Federal de Goiás (UFG), a informação que surgiu é bem diferente. O último alerta de desmatamento do laboratório mostra que 23,4 mil quilômetros quadrados de Cerrado viraram pó. São 146,5 mil estádios do tamanho do Serra Dourada, antes ocupados por uma rica matéria-prima, agora com 14% sob risco de desertificação.

O POPULAR publica hoje, Dia Mundial do Meio Ambiente, um retrato dessa contradição. São pesquisas inéditas de diferentes instituições, um levantamento do patrimônio genético e das espécies que só ocorrem no bioma, boas iniciativas de uso sustentável e as perspectivas científicas para as próximas décadas. O Cerrado se contradiz, cotidianamente, e paga-se um preço alto por isso.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink