Desempenho das carnes na primeira semana de julho

Agronegócio

Desempenho das carnes na primeira semana de julho

Média diária foi a segunda menor de 2014
Por:
503 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.


Foi no mínimo preocupante o desempenho das carnes na primeira semana de julho (1 a 5, quatro dias úteis). Porque, pela média diária, a receita cambial registrada (US$60,385 milhões) foi a segunda menor de 2014, superando apenas os (quase) US$56 milhões de janeiro passado.

Mas isso significaria resultado global pior que o de junho último? Não necessariamente. Porque o sétimo mês do ano é, ao lado de outubro, o mais longo de 2014 (23 dias úteis), contando três dias úteis a mais que o último junho. Isso sem considerar o número menor de “semi-feriados” - porque a Copa termina domingo, 13. 

Mas, independente disto, contando apenas o total de dias úteis do mês, o resultado final de julho corrente pode ficar ligeiramente acima do registrado no mês anterior, mesmo mantida a baixa média diária da primeira semana do mês.

Nesse cenário, a carne de frango não começou julho muito bem. Pois a média diária de embarques dos primeiros quatro dias do mês continua apontando, para a totalidade do período, volume inferior não só ao de julho do ano passado, mas também ao de junho último – quando foi registrado o menor volume dos últimos quatro meses. Mas essa situação pode reverter-se no decorrer dos outros 19 dias úteis de julho.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink