Desempenho das carnes na terceira semana de março
CI
Agronegócio

Desempenho das carnes na terceira semana de março

Na terceira semana de março as exportações de carnes obtiveram a menor receita cambial do mês
Por:
Na terceira semana de março as exportações de carnes obtiveram a menor receita cambial do mês – pela média diária, US$57,936 milhões, praticamente a metade do valor alcançado no começo de março. Mas isso não tem nada de anormal, pode ser considerado fato corriqueiro, a receita cambial recuando à medida que o mês avança.


De toda forma, a receita média dos 11 primeiros dias úteis de março (de um total de 20 dias úteis) corresponde agora ao segundo menor nível dos últimos sete meses, ou seja, de setembro para cá só ganha do valor alcançado em janeiro último.

Nesse contexto, a carne de frango in natura registra, em 11 dias, embarques de aproximadamente 156 mil toneladas, volume que projeta para a totalidade do mês exportação da ordem de 283 mil toneladas – aumento de cerca de 7,5% sobre o mês anterior, mas redução de mais de 15% sobre março de 2012.


A variação anual negativa, tudo indica, não será revertida. Mas a perda na receita cambial tende a ser minimizada, pesando, neste caso, o preço médio alcançado pela carne de frango in natura.

De acordo com os valores divulgados pela SECEX/MDIC, ele continua em franca recuperação, atingindo – na média dos 11 primeiros dias do mês – valor próximo de US$2.150/tonelada. O recorde atual, registrado em dezembro de 2012, foi de cerca de US$2,070/tonelada.





Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.