Desempenho do frango abatido no primeiro trimestre de 2019

Frango

Desempenho do frango abatido no primeiro trimestre de 2019

Frango abatido vai completando o primeiro trimestre de 2019 com o melhor preço médio de todos os tempos
Por:
91 acessos

O frango abatido vai completando o primeiro trimestre de 2019 com o melhor preço médio de todos os tempos (base: produto resfriado comercializado no Grande Atacado da cidade de São Paulo): R$4,06/kg (resultado preliminar, ligeiramente alterável conforme se comporte o mercado nestes dois últimos dias de negócios de março), valor 40% superior ao registrado no mesmo trimestre do ano passado.

Mas esse índice de incremento deve ser desconsiderado. Porque, como fica mais claro pelo gráfico abaixo, em 2018 o preço do frango abatido retrocedeu ao pior resultado não apenas dos últimos quatro anos, mas de toda a presente década. Assim, o ganho é apenas aparente, não tem maior significado. Aliás, o próprio gráfico confirma essa observação ao apontar que, em certo momento do trimestre (vide seta indicativa) os preços registrados foram muito similares aos alcançados três anos atrás, em fevereiro de 2016.

Sob esse aspecto, o comportamento do mercado no primeiro trimestre de 2016 (ano difícil para a avicultura, pois de crise no abastecimento de matérias-primas) praticamente repetiu-se um ano depois, nos mesmos três meses de 2017. Mas os preços médios então registrados (R$3,56/kg e R$3,42/kg, respectivamente) foram visivelmente superiores aos R$2,89/kg do trimestre inicial de 2018. 

Porém, retornando a 2019, o que mais surpreende neste exercício é o comportamento diferenciado observado em março corrente. E isso o gráfico abaixo também deixa bem claro. Ou seja: faz parte da história do setor uma queda de preços do frango no mês de março. Primeiro, porque o calendário caminha para o período de safra da carne; segundo – e talvez mais importante no caso brasileiro – é que esse é o período de Quaresma.

Mas neste ano esse comportamento habitual caiu por terra. E, numa das raras vezes em anos (ou décadas), março vai sendo encerrado com um valor médio superior ao do mês anterior. Isto ainda que, no decorrer do período, o valor máximo alcançado tenha ficado aquém da cotação máxima de fevereiro passado.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink