Desempenho do frango vivo na primeira semana de dezembro

Agronegócio

Desempenho do frango vivo na primeira semana de dezembro

O mercado do frango vivo entrou no mês das Festas demonstrando grande vitalidade
Por:
280 acessos

Foram, até agora, apenas três dias de negócios. Mas em outros dezembros, o mercado do frango vivo entrou no mês das Festas demonstrando grande vitalidade. Não, porém, em 2016, quando encerra a primeira semana do mês completando mais de 13 semanas em total apatia e sem qualquer alteração no preço referencial – R$3,10/kg em São Paulo; R$3,30/kg em Minas Gerais. 

É oportuno ressaltar que, como ocorreu na maior parte de novembro último, o produto negociado no interior de São Paulo continua com valorização “zero” em relação à mesma data de dezembro de 2015, pois, lá como atualmente, também foi negociado por R$3,10/kg.

As expectativas, agora, estão todas depositadas nesta e nas próximas duas semanas, sem dúvida as mais decisivas em termos de consumo. Porém, a aguardada valorização do frango vivo passa, primeiro, pela retomada de demanda do frango abatido, o que até agora não aconteceu.

Isso fica mais claro ao analisar-se o comportamento do mercado atacadista paulistano de frangos abatidos. Pois enquanto no mês passado a retomada de preços típica do primeiro decêndio começou antes mesmo da virada do mês, desta vez o mês foi iniciado com os preços ainda em queda e registrando o menor valor dos últimos 100 dias, ou seja, desde o final de agosto passado. O problema, sem dúvida nenhuma, está no consumidor. Pois a produção, tudo indica, permanece contida.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink