Desempenho do frango vivo na primeira semana de outubro
CI
Agronegócio

Desempenho do frango vivo na primeira semana de outubro

Na primeira semana do mês, apenas em Minas Gerais o frango vivo conseguiu obter breve reajuste de cinco centavos
Por:
Na primeira semana do mês, apenas em Minas Gerais o frango vivo conseguiu obter breve reajuste de cinco centavos. Isso, após manter-se com a cotação inalterada em R$2,50/kg por quase dois meses.

Embora no decorrer do período o mercado paulista se mantivesse firme, a alta não alcançou o frango vivo disponibilizado no interior de São Paulo que, assim, permanece cotado em R$2,50/kg há quase 30 dias ou, mais exatamente, desde 13 de setembro passado.


Como a oferta de produto específico para o mercado “spot” permanece restrita, não se registra qualquer disponibilidade extra por parte das empresas integradas e, além disso, os efeitos da chegada da massa salarial continuarão sendo sentidos pelos próximos dias, o mercado tende a permanecer firme no decorrer desta semana.


Pena, somente, que haja um feriado “no meio do caminho”. Ele pode tolher o movimento de que o setor necessita para obter novo e necessário reajuste.

Destaque-se, a esse propósito, que transcorridos praticamente nove e meio meses do ano, o frango vivo alcança um preço médio (R$1,90/kg) ainda inferior à média registrada nos 12 meses de 2011, de R$1,92/kg.

Como, neste ano, os custos aumentaram em índices entre 35% e 40%, a defasagem existente dá a exata medida da crise existente no setor.




Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink