Desempenho do suíno, na granja, na 14ª semana de 2022
CI
Imagem: Pixabay
PECUÁRIA

Desempenho do suíno, na granja, na 14ª semana de 2022

O suinocultores começaram a pressionar por melhores condições de comercialização
Por:

No decorrer da semana passada (14ª semana de 2022, 20 de março a 23 de abril), com a proximidade do recebimento dos salários, os suinocultores começaram a pressionar por melhores condições de comercialização para fazer frente ao expressivo custo de produção. E conseguiram valorização expressiva no último dia de negócios da semana.

O resultado foi um preço médio semanal no valor de R$109,10, representando pequena evolução de 1,5% na semana, enquanto apresentou queda de 3% sobre a mesma semana do ano passado, quando os preços começavam a mostrar valorização que se estenderia para as semanas seguintes. No acumulado de abril, a cotação média alcança R$108,83, significando quedas de 4,3% e 22,7% sobre, respectivamente, março último e abril do ano passado.

A semana atual (15ª semana de 2022, 10 a 16 de abril) deve apresentar uma demanda mais consistente em preparação para o final de semana em que as famílias devem voltar a se reunir para comemorar o feriado religioso da Páscoa. Ao mesmo tempo, o mercado apresenta um suinocultor pressionando por preços mais favoráveis no enfrentamento do atual custo de produção. No mesmo período do ano passado novos reajustes aconteceram.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.