Desempenho exportador das carnes nas quatro primeiras semanas de abril
CI
Imagem: Pixabay
PECUÁRIA

Desempenho exportador das carnes nas quatro primeiras semanas de abril

As exportações de carne de abril corrente tendem a registrar um dos melhores resultados de todos os tempos
Por:

Pelos resultados alcançados nas quatro primeiras semanas do mês (15 de um total de 20 dias úteis), as exportações de carne de abril corrente tendem a registrar um dos melhores resultados de todos os tempos. Provavelmente, alguns recordes.

No contexto atual quem continua se destacando é a carne suína. Até aqui, seus embarques aumentaram, pela média diária, mais de 60% em relação a abril de 2020. Somam, por ora, 76.112 toneladas.

E se essa média se mantiver no restante do período (faltam apenas cinco dias para o encerramento do mês), seus embarques irão superar a casa das 100 mil toneladas, resultado aparentemente inédito.

Não sendo inédita, é rara a perspectiva de chegar-se às 142 mil toneladas de carne bovina. Até aqui seus embarques somam 106.606 toneladas, mas, mantido o desempenho atual, podem chegar a um volume 22% superior ao registrado um ano atrás e o melhor resultado dos quatro primeiros meses de 2021.

Porém, desta vez, quem não fica para trás é a carne de frango, cujos embarques apresentam uma das melhores médias diárias de todos os tempos (perto de 20 mil toneladas/dia) e já somam 297.498 toneladas.

Mantido esse comportamento nesta última semana de abril, o volume de carne de frango exportado no mês girará em torno das 396-397 mil toneladas, correspondendo ao melhor resultado alcançado desde agosto de 2018. A conferir, dentro de uma semana.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink