Desempenho externo das carnes no primeiro decêndio de abril

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia nossos Termos de Uso e Termos de Privacidade. Ao clicar em Aceitar & Fechar, você consente com a utilização de cookies.


CI
Imagem: Pixabay
MERCADO

Desempenho externo das carnes no primeiro decêndio de abril

Os primeiros dados do mês relativos às exportações das carnes bovina, suína e de frango são bastante alvissareiros
Por:

Como sempre acontece, os primeiros dados do mês relativos às exportações das carnes bovina, suína e de frango são bastante alvissareiros, pois indicam, por exemplo, avanços substanciais nos embarques diários – o que pode neutralizar o fato de abril corrente ter apenas 20 dias úteis, três a menos que março passado.

Assim, a média diária embarcada no primeiro decêndio do mês, com seis dias úteis, registra crescimento anual de, aproximadamente, 55% para a carne suína, de quase 23% para a carne de frango e de perto de 10% para a carne bovina.

Cuidado, no entanto, com a aceitação das médias diárias divulgadas. Porque, principalmente, os embarques efetivados podem ter se distribuído ao longo de sete dias, ou seja, inclusive no feriado da Sexta-Feira Santa. E, neste caso, o incremento para a carne suína fica em 32% e o da carne de frango em 5%, enquanto caem (6% a menos) os embarques de carne bovina.

Porém, independente de qual tenha sido a média diária efetivamente registrada, há um dado concreto em relação às três carnes: o referente ao preço médio que, por ora, registra incremento de 7,5% para a carne bovina, de 3,3% para a carne suína e de 1,75% para a carne de frango.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink