Desemprego atinge recorde de 14,4 milhões
CI
Imagem: Pixabay
ECONOMIA

Desemprego atinge recorde de 14,4 milhões

A taxa de participação da força de trabalho foi estimada em 56,8%
Por: -Leonardo Gottems

O Brasil registrou um recorde 14,4 milhões de desempregados no trimestre encerrado em fevereiro de 2021, o maior valor da série histórica, iniciada em 2012, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Nesse cenário, a marca representa uma alta de 2,9% (mais 400 mil pessoas desocupadas) ante o trimestre anterior, de setembro a novembro de 2020 (14 milhões de pessoas). 

“No trimestre de dezembro de 2020 a fevereiro de 2021, havia aproximadamente 14,4 milhões de pessoas desocupadas no Brasil. Este contingente apresentou variação de 2,9%, ou seja, mais 400 mil pessoas frente ao trimestre de setembro a novembro de 2020, ocasião em que a desocupação foi estimada em 14,0 milhões de pessoas. No confronto com igual trimestre do ano anterior, quando havia 12,3 milhões de pessoas desocupadas, esta estimativa apresentou variação de 16,9%, significando um adicional de 2,1 milhões de pessoas desocupadas na força de trabalho”, diz o relatório do IBGE. 

A taxa de participação da força de trabalho (indicador que mede o percentual de pessoas da força de trabalho na população em idade de trabalhar) foi estimada em 56,8% no trimestre de dezembro de 2020 a fevereiro de 2021, não apresentando variação estatisticamente significativa frente ao trimestre de setembro a novembro de 2020 (56,6%). 

“O contingente de empregados no setor privado com carteira de trabalho assinada (exclusive trabalhadores domésticos), estimado em 29,7 milhões de pessoas, apresentou estabilidade frente ao trimestre anterior (setembro a novembro de 2020). No confronto com o trimestre de dezembro de 2019 a fevereiro de 2020, houve variação de -11,7% (-3,9 milhões de pessoas)”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink