Dia de campo da C.Vale atrai produtores a Palotina (PR)

Agronegócio

Dia de campo da C.Vale atrai produtores a Palotina (PR)

Por:
3 acessos

A ferrugem asiática da soja foi um dos principais temas do dia de campo da C.Vale sobre culturas de verão. Aberto ontem (18-01) em Palotina, no Paraná, o evento trata sobre soja, milho e mandioca, as principais culturas de verão da região oeste. O pesquisador da Universidade de Passo Fundo, Carlos Forcelini, afirmou que a doença tem alto poder destrutivo, mas "é fácil de controlar quando se aplica fungicidas preventivamente".

Causada por um fungo, a ferrugem asiática provoca a queda precoce das folhas e reduz a produtividade da soja. Segundo Forcelini, os produtores devem vistoriar a lavoura duas ou três vezes por semana para poder reagir rapidamente em caso de contaminação. Ele explicou que a pulverização com fungicidas deve ser feita no período de floração. O tratamento químico também ajuda a controlar o oídio e doenças de final de ciclo.

O dia de campo da C.Vale prossegue até amanhã, com a participação de cinco instituições de pesquisa, 15 fabricantes de insumos agrícolas e 36 empresas de máquinas e implementos agrícolas. As indústrias fazem demonstrações dinâmicas do funcionamento do maquinário. Representantes das empresas e da C.Vale ministram, diariamente, 23 palestras aos produtores rurais. No primeiro dia, cerca de duas mil pessoas visitaram o Campo Experimental C.Vale, segundo os organizadores.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink