Dia de campo no PR mostra projeto que aumenta produção de leite

Agronegócio

Dia de campo no PR mostra projeto que aumenta produção de leite

A proposta do projeto Pró-Amusep é a melhoria da qualidade do leite e da sanidade dos animais
Por: -Redação
7 acessos

Como é possível aumentar a produção diária de 10 litros de leite por vaca para 80 litros de leite? Esse é um dos resultados do projeto Pró-Amusep desenvolvido há dois na Chácara Paraíso, em Pulinópolis, distrito de Mandaguaçu (PR). O projeto, desenvolvido no âmbito da Amusep, alcança outras cadeias produtivas, além da bacia leiteira, conforme trabalho desenvolvido por câmaras setoriais da entidade.

Nesta sexta-feira (10-11), no Dia de Campo, alunos do curso de Agronomia da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e especialistas da Emater vão explicar quais foram as técnicas empregadas na formação e manejo de pastagem, bem como a sanidade e reprodução animal.

O evento é direcionado a produtores, especialmente da Associação Giro Leite que abrange 67 filiados dos municípios de Mandaguaçu, Presidente Castelo Branco, Floraí, São Jorge do Ivaí e Ourizona. O Dia de Campo será realizado das 13h30 às 16h30 na Chácara Paraíso.

Segundo José Sergio Riguetti, articulador de desenvolvimento regional da Emater/Mandaguaçu, o projeto Pró-Amusep Leite conta ainda com o apoio do Centro de Ensino Superior de Maringá (Cesumar) e Instituto Agronômico do Paraná (Iapar). Especialistas da área fizeram levantamento das deficiências, das soluções para otimizar a produção.

"Na questão da sanidade animal haviam vacas com leptospirose (transmitida pela urina do rato), doença que provoca o aborto. O produtor estava deixando de ganhar bezerros", diz ele. "Foram repassadas as orientações técnicas do manejo da pastagem e cuidados com adubação. Antes faltava pasto e as vacas estavam magras, desnutridas, o que significa baixa produção de leite", explica Riguetti. A proposta do projeto Pró-Amusep é a melhoria da qualidade do leite e da sanidade dos animais.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink