Dia de Mercado do Café analisa situação da produção da cultura no Espírito Santo

Agronegócio

Dia de Mercado do Café analisa situação da produção da cultura no Espírito Santo

Os custos de produção do café de todas as regiões produtoras do Brasil serão apresentados em palestra no Dia de Mercado
Por:
783 acessos

Os custos de produção do café de todas as regiões produtoras do Brasil serão apresentados em palestra no Dia de Mercado, evento realizado na próxima amanhã, (18/10), em Linhares (ES), pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil em parceria com a Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Espirito Santo. Para falar sobre o tema, o convidado é o agrônomo e coordenador de Pesquisas e Serviços em Gestão Estratégica, no Centro de Inteligência em Mercados (CIM/UFLA), Diego Humberto de Oliveira.

Em sua apresentação, Oliveira irá destacar as informações específicas do estado do Espírito Santo, apontando os principais itens que impactam nos custos de produção, identificados nos municípios de Jaguaré (que produz a espécie Coffea canephora – “Conilon”) e Brejetuba (que produz a espécie Coffea arabica). “As informação que serão apresentadas foram coletadas por meio do Projeto Campo Futuro, programa da CNA em parceria com a CIM/UFLA”, explica.

De acordo com o agrônomo, o objetivo será demonstrar, por meio de indicadores, a situação operacional em cada região do estado, para que os produtores e técnicos identifiquem a influência das tecnologias e tipos de produção sobre os custos, e avaliem suas atividades com maior critério. “Após a exposição dos custos, serão apresentadas as análises econômicas das produções de Coffea arabica e de Coffea canephora nas principais regiões produtoras (incluindo os municípios de Brejetuba/ES e Jaguaré/ES)”. 

Oliveira informa que nesta etapa, será apresentada simulação referente aos impactos da redução na produção de Conilon sobre os custos, do Espírito Santo e Bahia, e consequentemente sobre a situação econômico-financeira. “As informações de redução na produção, utilizadas na simulação, corresponderão aos dados do acompanhamento da safra brasileira, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)”, finaliza.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink