Diário de Bordo: condição das lavouras no Lucas do Rio Verde
CI
Agronegócio

Diário de Bordo: condição das lavouras no Lucas do Rio Verde

Comercialização da soja no Mato Grosso encontra-se 82,1%
Por:
Na quarta-feira (24), a equipe da Expedição Safrinha passou pela cidade de Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso. Confira os comentários do analista da FCStone que participa da Expedição, Guilherme Haluska:

“Com a supersafra de milho de inverno em 2012, as exportações do grão foram ocorrendo ao longo de todo o segundo semestre, se estendendo inclusive até o mês de janeiro. Esse fator, combinado aos gargalos logísticos – como problemas de infraestrutura de transportes, capacidade de escoamento dos portos e capacidade de armazenagem –, fez com que o milho disputasse espaço para exportação com a soja nos primeiros meses do ano, e, por isso, as exportações da oleaginosa começaram mais tarde em 2013. Com esse atraso do escoamento, é provável que ainda haja estoques da soja quando a safra de milho começar a ser colhida.


A comercialização da soja no Mato Grosso encontra-se 82,1% realizada, ligeiramente atrasada na comparação com o mesmo mês de 2012 – segundo dados do IMEA. Isso é outro fator que dá indícios de que ainda haverá soja nos armazéns quando o milho começar a ser colhido. Portanto, as exportações de milho também devem começar mais tarde esse ano. Existe inclusive a possibilidade dos produtores pararem temporariamente a colheita do grão, por falta de espaço para armazená-lo.


Por todos esses motivos, a comercialização do milho no estado encontra-se bastante atrasada. Segundo o IMEA, 22,3% da produção já foram comercializados, contra 46,8% no mesmo período do ano anterior. Como não há perspectivas de compradores finais do produto, as tradings também têm mantido sua comercialização em ritmo bastante lento. Dessa forma, a estocagem da safra de inverno será um fator crítico para o sistema produtivo como um todo. Nos anos passados, os produtores sempre tinham a alternativa de: a) comercialização, ou b) armazenagem. Neste ano, as possibilidades encontram-se restringidas para essas duas alternativas.


Dentre as possíveis alternativas para o milho na safra de inverno de 2014, o girassol é a cultura que vem se apresentando como a melhor opção. O algodão e o feijão também são outros candidatos. Contudo, os investimentos para a produção do algodão são mais elevados, pela necessidade de compra de máquinas.Segundo tradings, cerca de 70% dos insumos para o plantio da próxima safra de soja no Mato Grosso encontram-se comercializados, sendo metade destes na forma de barter.A Expedição passou por uma obra de duplicação da Rodovia BR-163, no trecho entre Rosário Oeste e Nobres.”


* Guilherme Haluska é analista de mercado da consultoria FCStone e integra a equipe da Expedição Milho Brasil 2013

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.