Diferente do que ocorre no atacado de carne bovina, varejistas melhoram seus resultados em 2016

Agronegócio

Diferente do que ocorre no atacado de carne bovina, varejistas melhoram seus resultados em 2016

A entrada da segunda quinzena do mês reduz, naturalmente, a venda de carne e tira ainda mais, em um ano de crise, a possibilidade de alta nos preços.
Por:
152 acessos

A entrada da segunda quinzena do mês reduz, naturalmente, a venda de carne e tira ainda mais, em um ano de crise, a possibilidade de alta nos preços.

Em São Paulo, no acumulado dos últimos sete dias, a queda de preços da carne bovina no varejo foi de 1,0%, segundo levantamento da Scot Consultoria. Houve estabilidade em Minas Gerais e no Paraná e desvalorização de 0,9% no Rio de Janeiro neste mesmo período.

A margem dos varejistas, porém, diferente do que ocorre no atacado, segue acima das de 2015.

Atualmente, o mark up está em 66,5%, quase oito ponto percentuais acima do registrado há um ano.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink