Dificuldade em exportar pressiona cotação interna do milho
CI
Agronegócio

Dificuldade em exportar pressiona cotação interna do milho

Entre 11 e 18 de agosto, o Indicador Esalq/BM&F (região de Campinas – SP) teve baixa de 2%, passando para R$ 24,06/saca de 60 kg nessa segunda-feira
Por: -Janice
Os preços internos do milho seguiram em queda nos últimos dias. Entre 11 e 18 de agosto, o Indicador Esalq/BM&F (região de Campinas – SP) teve baixa de 2%, passando para R$ 24,06/saca de 60 kg nessa segunda-feira. Na parcial do mês, o Indicador acumula baixa de 6,25%. Além da baixa liquidez interna, o recuo esteve atrelado à dificuldade em exportar o milho. Para algumas empresas de consultorias, os embarques do grão em 2008 devem ficar pouco superiores a 6 milhões de toneladas, bem distantes das 11,5 milhões estimadas pela Conab. Como a demanda interna é prevista em 44,5 milhões de toneladas, restariam aproximadamente 8 milhões de toneladas da safra 2007/08 para serem negociadas, além de 6,6 milhões de estoques iniciais, previstos pela Conab. Dessa forma, somente uma forte e contínua elevação das cotações externas poderia atrair novos negócios para exportação e, consequentemente, enxugar a oferta interna, como ocorreu em 2007. As informações são da assessoria de imprensa do Cepea.



Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.