Diretoria da FAEMA recebe maranhenses classificados no Programa CNA Jovem

Agronegócio

Diretoria da FAEMA recebe maranhenses classificados no Programa CNA Jovem

O programa CNA Jovem 2016 contou com 79 jovens de todo o Brasil
Por:
915 acessos

O programa CNA Jovem 2016 contou com 79 jovens de todo o Brasil

A diretoria do Sistema FAEMA/SENAR recebeu essa semana a visita dos jovens maranhenses classificados do Programa CNA Jovem, etapa estadual. Lucas Gomes (administrador), Ludmila Gonzaga (zootecnista) e Luana Torres (agrônoma) que  participaram da etapa nacional com jovens de todo o Brasil, na capital federal, quando, na oportunidade, apresentaram projetos técnicos com vistas a alavancar o agronegócio no Maranhão.

Os representantes maranhenses tomaram parte das etapas nacionais ocorridas no período entre julho a novembro, com vistas a um maior aprofundamento de seus conhecimentos sobre as premissas do agronegócio, segundo previsto pelo Sistema CNA/SENAR. 

O programa CNA Jovem 2016 contou com 79 jovens de todo o Brasil, que construíram projetos argumentando soluções para os desafios da agropecuária brasileira. Ao final das etapas preparatórias realizadas durante quatro finais de semana, cada participante apresentou seu projeto, voltado para a melhoria do segmento no estado.
 
Experiência
 
Durante a visita, os participantes discorreram sobre  os projetos apresentados por eles  e da experiência de representar o Maranhão no contexto do agronegócio, haja vista a importância da participação jovem no processo de fortalecimento deste setor no estado.

Na presença do presidente da FAEMA Raimundo Coelho, do gerente de Formação Profissional do Senar Carlos Antônio Feitosa e do técnico da FAEMA envolvido no processo, Paulo Belo, os membros do CNA Jovem no Maranhão, falaram de suas propostas e perspectivas enquanto profissionais do meio rural, voltadas para o bom desempenho das atividades do agronegócio no estado.

“O motivo principal de nossa passagem por aqui, foi discutir as ações de continuidade do programa e ao mesmo tempo, propor a inserção das propostas elaboradas no estado. Além disso, queremos formar uma comissão com os jovens que participaram do programa em 2014, para juntos, disseminarmos a ideia em todas as regiões maranhenses”, disse a engenheira agrônoma Luana, elogiando a recepção, apoio e dicas recebidas por eles,  via diretoria da FAEMA.
 
No entendimento de Raimundo Coelho, o programa CNA Jovem é bem visível nas discussões entre os produtores rurais. Segundo ele, os produtores ao deixarem suas atividades por motivo de aposentadoria, muitas vezes não encontram sucessores vocacionados para a atividade rural.
 
“Esperamos que esses jovens desenvolvam um espírito de liderança que possa mobilizar e atrair mais pessoas a se dedicarem à atividade produtiva rural em suas propriedades”, declarou o presidente do Sistema FAEMA/SENAR. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink