Dispara preço da soja nos portos brasileiros

MERCADO FÍSICO

Dispara preço da soja nos portos brasileiros

Guerra comercial dos Estados Unidos com a China refletiu diretamente
Por: -Leonardo Gottems
1078 acessos

As cotações da soja tiveram nesta quarta-feira (04.04) um dia de comportamento misto no mercado físico brasileiro, descolando da baixa expressiva da Bolsa de Chicago (CBOT). De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, em média os preços subiram 1,22% nos portos e caíram 0,33% no interior do País.

O analista da T&F Luiz Fernando Pacheco afirma que a guerra comercial dos Estados Unidos com a China refletiu diretamente na valorização dos prêmios para a oleaginosa brasileira na venda externa: “No Brasil estes fatos repercutiram fortemente com a elevação dos prêmios nos portos, que passaram de +120cents/bushel sobre maio, negociados no dia anterior, para +165cents/bushel sobre o mesmo mês e 190 para embarques para junho e julho”.

De acordo com o especialista, os preços chegaram a R$ 83,00/saca nos portos de Rio Grande e Paranaguá e a R$ 76,00/saca nas praças de Passo Fundo e Cascavel. “Isto não chegou a ser uma alta realmente, porque a alta nos prêmios foram apenas para compensar a queda de Chicago. Já foi uma grande conquista os preços internos da soja não caírem, que é o que acontece quando Chicago cai. Hoje foi diferente, porque os prêmios compensaram a queda”, explicou.
 
“Mas, a principal consequência para os agricultores é que podem ter certeza de que os preços permanecerão altos (não temos certeza se subirão mais ainda, mas já apresentam bons lucros). Esta é uma situação rara, de preços excelentes, com uma safra grande. 
Com toda esta movimentação entre China e EUA, os agricultores brasileiros são os grandes beneficiados, como nos disse hoje um trader sediado na Argentina. Eles deverão ter preços elevados durante toda a temporada (uma raridade) e provavelmente deverão aumentar significativamente a área plantada para a próxima safra, o que será uma ótima ideia”, conclui. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink