Distribuidora vai digitalizar 1 milhão de hectares
CI
Imagem: Divulgação
RENTABILIDADE

Distribuidora vai digitalizar 1 milhão de hectares

Programa vai monitorar cultivos em tempo real sobre andamento e a saúde da lavoura
Por: -Eliza Maliszewski

Uma das mais antigas distribuidoras de fertilizantes, insumos e sementes do Mato Grosso vai modernizar o sistema de acompanhamento das culturas no campo e aproximar o time comercial dos produtores com a centralização de dados.

Para isso a Fiagril desenvolveu um projeto chamado Confia Tech, em parceria com a AgTech argentina Sima - Sistema Integrado de Monitoramento Agrícola. A meta é digitalizar 1 milhão de hectares na área de atuação da empresa. 

O programa vai monitorar os cultivos e coletar dados no campo de maneira totalmente digital, via celular, o que vai possibilitar, por exemplo, saber sobre o desenvolvimento e a saúde da lavoura em tempo real, ajudando os produtores no gerenciamento de sua fazenda utilizando essas informações.

As informações do Confia Tech são abastecidas com pelos Consultores Técnicos com informações geradas durante as visitas e atendimentos realizados nas fazendas dos clientes. Eles fazem os registros, coletas, recomendações e geram relatórios diretamente pelo app e que são compartilhados com o produtor assim que as visitas se encerram, tudo em tempo real. Com essas informações sendo inseridas na ferramenta, engenheiros agrônomos podem utilizar esses dados para planejar ações e mitigar perdas.

Segundo a Gerente de Planejamento e Execução da Fiagril, Dinamari Sandri, o projeto atualmente já monitora mais de 500 mil hectares, mas a meta é chegar muito em breve à marca de 1 milhão de hectares nos estados de Mato Grosso, Amapá e Tocantins. “Queremos registrar 100% dos nossos atendimentos de toda a base de clientes ativos e habituais”, destaca.

Com a ferramenta, é possível, por exemplo, identificar se alguma área está sofrendo ataques de doenças, pragas, plantas daninhas, erros de aplicação, falhas de plantio ou qualquer outro fator que possa causar prejuízos na produtividade. E ao mesmo tempo o produtor tem acesso a essas informações em tempo real independentemente do local em que ele esteja e assim pode imediatamente decidir a melhor solução para o problema identificado. 

O organizador de informações surgiu há menos de um ano. “Estamos trabalhando no momento para digitalizar toda área de crédito, desde a análise de crédito até a formalização e registro de garantias, para salvar o tempo dos produtores, garantindo um processo mais ágil e eficiente”, afirma o CEO da Fiagril, Henrique Mazzardo.

A startup conseguiu colocar projeto para rodar em menos de 60 dias. “Nós estamos ali no meio, mas com foco mais no lado de acompanhamento de gestão de agendas nas fazendas, ou seja, é poder ter essa programação da agenda de visitas, fazer o planejamento delas de toda a safra e acompanhar o que seria o planejado versus o realizado. Com muitas informações agronômicas também”, cita Rafael Malacco, Gerente de Desenvolvimento de Mercado da Sima.

Em breve o programa será atualizado para emitir alertas regionais aos produtores rurais. Um dos casos possíveis dessa nova função é, por exemplo, a identificação de regiões sob ataque de ferrugem asiática ou incidência de determinada praga. Instantaneamente os clientes das propriedades próximas receberão um alerta falando para que os cuidados sejam redobrados no campo.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.