Divulgada edição de setembro da Revista Indicadores da Agropecuária

Agronegócio

Divulgada edição de setembro da Revista Indicadores da Agropecuária

Publicação traz análise sobre o panorama da armazenagem em cada unidade da Federação
Por:
2202 acessos

O Mato Grosso responde por 23,8% da capacidade estática de armazenagem do país, com espaço para 33,4 milhões de toneladas de grãos em armazéns públicos e privados. Deste total, 94% é para estocagem a granel. Os dados constam na edição de setembro da Revista Indicadores da Agropecuária, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A partir deste mês, a revista traz uma análise detalhada do panorama da armazenagem em cada unidade da Federação, começando pelo Mato Grosso – maior produtor de grãos do Brasil. Considerando a média das últimas cinco safras, o estado sozinho foi responsável pela produção de 45,8 milhões de toneladas de grãos, cerca de 24% do total do país. Os grãos mais produzidos são soja e milho, o que justifica a concentração de armazéns graneleiros.

Esta edição confirma também o interesse cada vez maior da Conab em divulgar estudos e pesquisas voltadas à agropecuária, como é o caso do artigo A Cultura do Sorgo Granífero como Alternativa de Produção na Segunda Safra no Centro-Oeste Brasileiro. O artigo foi escrito pela área técnica da Superintendência Regional de Mato Grosso do Sul.

A publicação traz ainda os dados atualizados sobre as atuações da Conab voltadas à agricultura familiar, à política de garantia de preços e cotações agropecuárias e ao mercado hortigranjeiro, entre outros destaques.

Editada há 25 anos, a Revista Indicadores da Agropecuária é uma importante fonte de referência para o governo, na formulação e implementação de políticas públicas.

Clique aqui para acessar.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink