Do Rural à Mesa ganha reconhecimento em evento de Nutrição

Agronegócio

Do Rural à Mesa ganha reconhecimento em evento de Nutrição

O programa Do Rural à Mesa, uma das iniciativas do SENAR que tem crescido e obtido resultados animadores, foi apresentado para técnicos em Nutrição.
Por:
815 acessos

O programa Do Rural à Mesa, uma das iniciativas do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) que tem crescido e obtido resultados animadores, foi apresentado para técnicos em Nutrição nesta quarta-feira (29/6). O programa, realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), ganhou espaço na programação do I Encontro do Técnico em Nutrição do Distrito Federal, realizado pelo Conselho Regional de Nutricionistas da 1ª Região (CRN-1), em Brasília.

A coordenadora técnica do Do Rural à Mesa, Bárbara Evelyn Magalhães, e a gerente pedagógica do Senac Gastronomia, Patrícia Garcia, foram as responsáveis por apresentar a iniciativa para os participantes. Bárbara falou sobre a criação do programa, a execução, o impacto social, o histórico, as realizações e as propostas de ampliação, além de citar resultados e explicar os cinco passos da metodologia de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do SENAR.
“Somos cadeias interligadas. Nós, enquanto produtores, e vocês, nutricionistas, somos responsáveis pela saúde da população. Incentivamos a adoção de tecnologias e a redução no uso de defensivos. O setor conseguiu aumentar a produção de alimentos sem precisar de novas áreas, mas ainda enfrentamos a resistência da sociedade. O importante é que tem muita gente trabalhando certo por aí e o Do Rural à Mesa é prova disso”, destaca Bárbara.

Patrícia também ressalta a importância do trabalho conjunto dos profissionais para que os consumidores tenham acesso a uma alimentação mais saudável. “Os técnicos em Nutrição são validadores da qualidade dos produtos recebidos através do programa. Quanto melhor os alimentos, mais fácil para eles elaborarem refeições equilibradas e saudáveis para os clientes dos nossos restaurantes”, observa. Segundo a gerente pedagógica do Senac, existem 9 técnicos em Nutrição nos estabelecimentos da entidade em Brasília. Eles atuam do recebimento dos produtos à mesa dos consumidores.
Participantes encantados

Casada com um ex-produtor rural que trabalhava na criação de tilápias, em Goiás, e que precisou vender a propriedade devido a desvalorização da atividade, a vice-presidente do Conselho Regional de Nutricionistas da 1ª Região (CRN-1), Suzana Ribeiro Furtado, ficou “encantada” com os benefícios que o Do Rural à Mesa vem proporcionando. Além da maior rentabilidade para quem produz, ela elogia a qualidade dos alimentos fornecidos para os restaurantes. “Já tinha escutado falar do Do Rural à Mesa pelos clientes que frequentam os estabelecimentos do Senac, mas só tinha a dimensão teórica do programa. Chamou a minha atenção a valorização dos produtores e a os produtos entregues. A nossa missão é promover a saúde e, com alimentos de melhor qualidade, já temos meio caminho andado”, declara.

A estudante do curso Técnico em Nutrição Zilda Ribeiro dos Reis, de Planaltina (DF), ressaltou a redução do uso de defensivos como a maior vantagem do programa. Na opinião dela, a retirada dos “atravessadores” do negócio e o maior preço pago pelas hortaliças incentiva os participantes a produzirem com mais sustentabilidade. “Nós, como profissionais da Nutrição, temos interesse em alimentos mais saudáveis. Com o Do Rural à Mesa podemos conseguir produtos de excelente qualidade nos quais podemos confiar. A nossa cozinha precisa disso”, observa.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink