Documentário é produzido para marcar 60 anos de remates da Cabanha Santo Ângelo

Agronegócio

Documentário é produzido para marcar 60 anos de remates da Cabanha Santo Ângelo

Trabalho resgata a saga da família Bastos na pecuária e a história do remate, considerado o mais antigo do Brasil.
Por:
530 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

O 60º remate anual da Cabanha Santo Ângelo está marcado para o dia 05 de novembro, na sede do criatório de Jorge Martins Bastos, em Barra do Quaraí (RS), mas as comemorações começam antes. A partir da noite deste domingo, dia 25, um documentário especial contará a história da família Bastos, iniciada na Fronteira Oeste gaúcha há dois séculos. A produção, dividida em seis episódios, será exibida todos os domingos, às 20h, nas redes sociais da cabanha.

Conhecido como o mais antigo leilão de gado do Brasil em atividade, o evento geralmente fecha a tradicional temporada de negócios de primavera no Rio Grande do Sul, com um dos maiores faturamentos na comercialização de reprodutores e fêmeas das raças Polled Hereford, Angus e Braford, além de cavalos Crioulos.
 
Os primeiros remates, na década de 1950, eram realizados na sede da Estância Nazareth, em Uruguaiana (RS), em conjunto com outros criatórios da família. Eram dois dias de comercialização, um dedicado aos ovinos e o outro aos bovinos. A venda de cavalos iniciou anos mais tarde, já na sede da Cabanha Santo Ângelo.

O documentário resgatará os antigos eventos, recordes de preço registrados, a tradição dos Bastos na pecuária e criação de cavalos, com importações pioneiras e inúmeros campeonatos conquistados nas maiores exposições agropecuárias, como a Expointer, em Esteio (RS) – feitos que tornaram a família uma referência no setor.

Leilão comemorativo

A edição festiva do remate da Cabanha Santo Ângelo promete colocar em pista a qualidade genética de sempre e um número superior de animais, com aproximadamente 300 fêmeas, 150 touros e 30 éguas à venda. 

– Será o maior leilão dos últimos tempos, com uma oferta à altura destes 60 anos de remates ininterruptos – adianta o leiloeiro Fábio Crespo, que estará no comando do martelo.

Na venda de bovinos, a Santo Ângelo terá como parceiras a Agropecuária Santa Ana, a Estância São Miguel e a Estância Parayso. Já os equinos serão ofertados por toda a família – descendentes de Luiz Martins Bastos, reconhecido como criador símbolo da raça Crioula. 

O remate terá início às 13h do dia 05 de novembro (sábado).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink