Doença provoca falta de carne suína na China

Agronegócio

Doença provoca falta de carne suína na China

Um vírus que causa uma enfermidade conhecida como "doença da orelha azul" em suínos e já levou mais de 100 mil animais à morte
Por:
55 acessos

Um vírus que causa uma enfermidade conhecida como "doença da orelha azul" em suínos e já levou mais de 100 mil animais à morte na China ajudou a elevar os preços da carne suína no país e levanta preocupações com a possível disseminação da doença para outras regiões do mundo.

Na sexta-feira, o Ministério da Agricultura chinês confirmou que um foco da doença foi detectado na província de Shanxi, no norte do país, 550 quilômetros a oeste de Pequim, segundo a agência de notícias estatal Xinhua. O ministério não deu mais detalhes sobre o foco. Incluindo Shanxi, 26 províncias chinesas já registraram a doença este ano. De acordo com o ministério, a enfermidade matou mais de 40 mil suínos no país e provocou o sacrifício de outros milhares.

A doença já provoca falta de carne suína na China, um país que consome mais de 50 milhões de toneladas do produto. Com isso, os preços domésticos da carne suína já subiram quase 86% este ano.

Aparentemente por conta da escassez de oferta no mercado doméstico, as exportações de carne suína caíram para 62 mil toneladas na primeira metade do ano, segundo o Ministério do Comércio. Em todo o ano de 2006, o país exportou 246 mil toneladas.

Indústrias processadoras de carne suína na China não reconhecem que a epidemia da doença da orelha azul está afetando seus estoques. Mas reportagem do "The New York Times", na quinta-feira passada, afirma que o vírus devasta os plantéis da China e cria temores de uma pandemia global. A reportagem diz ainda que as autoridades chinesas estão submestimando a gravidade e a intensidade da propagação da doença.

Maria Zampaglione, porta-voz da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), disse que o órgão pediu e recebeu informações das autoridades chinesas sobre a doença. "Baseada na experiência de epidemia similar ocorrida em 2006 na China (...) este caso é provavelmente causado pelo vírus PRRS (Porcine reproductiverespiratory syndrome), altamente patogênico", disse citando autoridades chinesas.

Segundo Russell Martin, do escritório da agência para Agricultura e Alimentação da Organização das Nações Unidas em Pequim, uma equipe de especialistas estrangeiros e chineses farão inspeção em algumas das províncias mais afetadas . "Este ano, o vírus está mais virulento", disse.

O governo chinês prometeu vacinação de graça para a doença que ataca as defesas do animal. Prometeu ainda apoio aos suinocultores para elevar a produção.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink