Dólar volta a subir forte: Atenção aos preços
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,782 (-0,26%)
| Dólar (compra) R$ 5,38 (2,78%)

Imagem: Pixabay

MERCADO E CÂMBIO

Dólar volta a subir forte: Atenção aos preços

Cenário interno de instabilidade provocou novo aumento da moeda norte-americana
Por: -Leonardo Gottems
5271 acessos

O destaque do momento é cenário interno brasileiro, com forte valorização do Dólar norte-americano frente ao Real na última quarta-feira (26.08), especialmente após novo desgaste entre o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente Jair Bolsonaro. “A moeda americana voltou acima dos R$ 5,60, eliminando as quedas observadas desde a abertura da semana”, aponta a Consultoria ARC Mercosul. 

Outro ponto que trouxe impactos no mercado nacional, salienta a equipe de analistas da ARC, foi o anúncio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) com proposta de corte nas taxas de importação de soja e milho dos países fora do Mercosul. 

“Isso colocaria os produtos dos Estados Unidos, por exemplo, em maior competitividade para entrada em nosso mercado interno. A medida ainda precisa avançar e seus impactos devem ser limitados por enquanto, mas a notícia já acendeu movimento especulativo, com contratos do milho na B3 recuando cerca de 3% hoje mesmo com dólar em alta na sessão diária”, aponta a ARC Mercosul.

CLIMA

Ainda de acordo com a Consultoria ARC Mercosul, no Brasil são esperadas chuvas acumuladas de até 200 milímetros nos próximos dez dias no Rio Grande do Sul, com precipitações também chegando ao sul do Paraná, porém em menor intensidade. “Para a Argentina, as previsões trazem algum alento para as lavouras de trigo do norte do país, que já estão gravemente afetadas pelo tempo seco durante os meses de Julho e Agosto.

“O Furação Laura segue em direção ao interior dos Estados Unidos, e já atingiu o nível 04 de intensidade, devendo trazer prejuízos nas localidades em sua rota. O movimento segue empurrando uma corrente de umidade em direção ao Cinturão Agrícola, que novamente apresentou melhoras hoje nas previsões de chuvas, principalmente a partir da próxima semana. Conforme temos afirmado, resta apenas uma nova e generalizada rodada de chuvas para garantir o desenvolvimento final das lavouras na maior parte dos Estados Unidos”, concluem os analistas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink